ABMN apresenta em Braga casos de sucesso do aTrans

Clipping

A ABMN, empresa especializada em sistemas de informação, está a apostar fortemente no setor dos transportes. Prova disso é a nova solução aTrans que, segundo os responsáveis, vem colmatar uma necessidade no transporte rodoviário de mercadorias.

Actualmente esta área representa cerca de 10% do volume de negócios da empresa mas Vítor Veiga, business manager da ABMN, admite que o objectivo é chegar aos 20%.

A solução aTrans contempla funcionalidades e caraterísticas necessárias ao tratamento dos principais processos inerentes à gestão das organizações do sector dos transportes, nomeadamente gestão de rotas, controlo de distâncias e controlo de custo por quilómetro.

Da mesma forma, permite o planeamento de cargas, CMR, tabela de preços por cliente por origem/destino e a gestão dos vários equipamentos auxiliares das viaturas, como tacógrafos, via verde, etc. Na área dos motoristas, tem disponível a gestão de despesas, categorias, prémios de produtividade, e nas viaturas/reboques a gestão das revisões, inspecções, equipamentos associados, dimensões, volumes, consumos.

Além do mais, permite uma total integração com o ERP, nomeadamente com a área de facturação, financeira e contabilística (de resto um dos casos mencionados em Braga, através da empresa João Pires).

“Já tínhamos soluções na área da distribuição nacional, já tínhamos os conceitos de carga, de gestão de carga, distribuição, ocupação de viaturas. Isso já existia. Pegámos foi nessa experiência e transportamos para uma escala macro. A ideia foi integrar tecnologia, ERP, despesas, fornecedores…”.

A empresa com sede em Guimarães tem cerca de 470 clientes, maioritariamente fruto da parceria com a Primavera, e define-se como uma software-house que produz soluções customizadas de gestão operacional de negócio.

“Não estamos muito preocupados com as questões legais e fiscais porque a Primavera o faz. Entregamos essa parte da responsabilidade. Assim, dedicamo-nos a desenvolver soluções para a gestão operacional”.

Em Braga, e aproveitando as instalações do parceiro Primavera BSS, a ABMN fez uma apresentação da solução com particular ênfase na aplicação móvel que transporta para o smartphone as potencialidades da aTrans.

Fonte: Transportes & Negócios